V.O. Is Portugal the new Finland in Education?


[Música] em 2003 eram 700 e qualquer com ela nos últimos anos as últimas escolas no país a banda faça um mix de qualquer coisa e foi por aí que começamos não vai esquecer o lugar onde estamos e vamos tentar trabalhar para que elas aprendam e naturalmente os resultados no nos exames teto daquela pouco começaram a ser melhor cada vez menos neste momento já estão acima da média isto manifesta que estamos a trabalhar no no sentido correcto estando dentro das 80 milhões às escolas do país neste momento em termos de resultados e sistemas é s uma das coisas que nós dizemos aos pais é vieram para melhor escola do país é no entanto ou acredito na escola ou muda de escola [Música] é a nossa escola de muitos problemas disciplinares de vir sempre guerras de gangues e 61 da análise que foi feita 80 mais de 80% dos problemas eram a sexta feira à tarde então é melhor maneira de resolver mas foi numa aula site da ferramenta ninguém escreve pascol que tentamos fazer foi perceber o que se passa no mundo em vários sítios de várias escolas no mundo o que tem feito para resolver os problemas que nós temos sentido que entretanto fomos retirando recolhido experimentando daquilo que é feito com sucesso em várias partes do mundo e fomos aplicando aqui se na escola não se um barulho é não antes chumba pelo pessoal e não de motivar os alunos a um ano um ano seguinte está a aprender as mesmas coisas ter temos outros colegas saber que o chumbo o aluno com certeza que não vai aprender muito mais do que no ano anterior é porque com certeza eo que eu tenho com da área é o médico inteiro é a primeira grande medida foi a atenção não faz sentido nenhum é proibido da droga porque a nossa escola é obrigatório que os alunos estudam em casa deus não tem trabalho para casa mas tem que estar em casa mas não consegue consumir das aprendizagens pisa é uma sigla em inglês que significa programa 20 mexe nos tirantes assinam o objetivo deste programa é fazer um estudo comparado os temas de educação de diversos países fazer um retrato dos alunos de 15 anos que estão na escola e o que é que são os 15 anos sabem em termos de poder enfrentar a vida adulta que se aproxima estava sempre cheia nos testes pisa nos resultados a qualquer uma das suas competências línguas ciências e matemática e em 2015 com a escalar a expectativa era um pouco de vamos fazer baixar não subimos mais um que dignificámos consolidarmos a nossa súbita e não se a tendência muda o facto de sacar atenção ao que é comparar os recursos educativos que o sunderland está em casa não só não só nas fotos lá em casa tem casa de eventos político típico saúde prestar em casa e usar todas estas este com isso mesmo tem de ver como nosso player econômico social e cultural economias mais fracas escolas – e que para as pessoas – foi acionado mas vamos comparar o nosso enquadramento social econômica e cultural não só as famílias como da escola com as colas beleza onde receberá a final o bom né pessoal acho muito difícil essa escola só acho que são um pouco mais rigorosas em fingir devem tem disposições por exemplo surge e eu nos meus puxam por nós uma coisa que é boa por dentro uma honra que não tem não tenha boas notas use um choro tenta fazer com que o natal choveu da unta mais apoio e dar apoio é o doi i e mary fazer tudo isso é uma coisa que puxa pessoas nessa escola tem muita evolução que o time em 2001 brasil em 2015 é muito significativa não só digamos que a renda e tome que o estatuto socioeconómico provas femininas aumentou neste frio mas eu pessoalmente que era eu que também mirou bastante a pressão que as famílias têm hoje em dia a importância de ter uma boa educação e penso que é uma variável muito importante outras quatro pessoas a economia deixa de ser porque são os rostos do movimento ensinou algumas pessoas continuam longe pra aprender e é também claramente uma evolução muito grande temos pessoas que nós seguimos em 2006 temos em 2015 por exemplo em 2001 – muitas pessoas tecnicamente união serão e eram certamente deus o ente mas que certamente não tinham não tiveram a formação pedagógica que é importante ter pra enfim irá com uma turma da onde poderá comuns nessa cidade que esta viagem estamos fazendo aqui na escola esteve a concessão do que é uma escola que é o opressor neste momento é do meu ponto de vista é grande diferença para algumas escolas a maioria já começa a trabalhar nestas áreas não vou falar mais soft skills haja uns é simpático conhecer o parceiro trabalhar em grupo sabe falar em público são são áreas que não vai nos programas são baterias não menos problemas só aí nós trabalhamos em que trabalhou muito desde muito novo e se refletem muito pois nos alunos quando chegam àquela idade nos 14 15 anos a idade do pisa mais do que as políticas públicas implementadas por um governo ou outro governo o que acontece realmente é essa motivação que vai no site da comunidade escola e comunidade a volta das escolas que às vezes são as empresas e nem as sessões do estado ea volta e que está a criar esta noção que a escola pode mudar em conjunto [Música]

1 thought on “V.O. Is Portugal the new Finland in Education?”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *